Somos analfabetos
Não valorizamos os ciclos dos seres
Desconhecemos a linguagem dos solos
Não fluímos na teia da vida

É tempo de ecoalfabetizar
Desmitificar a falsa ideia de desconexão
Reconhecer que somos tão pó quanto o pó
E a forma da nossa relação no ambiente

É tempo de ecoalfabetizar
Identificar quais os ventos trazem chuva
Conhecer flores de hortaliças
Conversar com a diversidade de fauna e flora

É tempo de ecoalfabetizar
Perceber-se como parte do todo
Interagir de forma integrada ao sistema
Envolver-se na plenitude da natureza

É tempo, e na verdade… já passou.